Quinta, 14 de dezembro de 201714/12/2017
Parcialmente nublado
22º
26º
30º
Sao Roque Do Paraguacu - BA
Erro ao processar!
Banner topo - Ache Oferta
ECONOMIA
Paraná terá construção de 300 quilômetros de gasodutos
Está prevista a construção de três térmicas e mais 300 km de gasodutos
Carlos Cavalcante Salvador - BA
Postada em 20/10/2017 ás 13h07
Paraná terá construção de 300 quilômetros de gasodutos

Paraná

Está prevista a construção de três térmicas e mais 300 km de gasodutos


O Paraná deverá ter três novas termelétricas – UTE Litoral, UEGA 2 e UTE Sul – totalizando capacidade instalada de 1,5 mil MW e a construção de 300 quilômetros de gasodutos. Essa infraestrutura está prevista no plano de expansão da oferta de gás natural, cujo protocolo de intenções foi assinado nesta segunda-feira (16/10) entre a Copel, a Shell e o governo do estado. A previsão preliminar é que os estudos para a implantação se dê ao longo de 2018 e as usinas possam entrar nos leilões no ano seguinte. Já o valor do investimento também será definido nessas avaliações.


Com a assinatura do documento, as duas empresas vão discutir os termos do acordo de parceria, que terá também a participação da Compagas. Com essa nova infraestrutura, cerca de 1,1 milhão de residências deverão ser atendidas com a expansão da oferta. O presidente da Copel, Antonio Guetter, disse que esse aumento é considerado estratégico para o estado.


Para o gerente de gás nas Américas da Shell, Christian Iturri, o Paraná é visto como um mercado com potencial de crescimento. A petrolífera anglo-holandesa foi a vencedora da chamada pública 06/2015 aberta pela Copel e que ficou vigente por dois anos. Por meio dela, a companhia buscou um parceiro que tivesse interesse em elaborar estudos para chegar a um plano de negócios para importar, produzir, explorar, comercializar e transportar gás no Paraná.


“Depois de analisar várias propostas até meados de 2017, verificamos que a Shell foi a empresa que apresentou a melhor oferta e a que mais se adequou aos planos de expansão pretendidos pelas companhias paranaenses e pelo governo do estado”, disse Guetter.


A primeira fase da parceria, após a assinatura do acordo, é o desenvolvimento conjunto de um modelo que atenda as necessidades elencadas, que inclui estudos e análises técnicas e econômico-financeiras para definição do modelo de negócios.

FONTE: Noticias do Trecho
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

Publicidade

Churrascaria
Facebook

Publicidade

Bahia (esportes)

Publicidade

Vitória (entretenimento)
Mais lidas do mês

Publicidade

FIEB
Enquete
Se as eleições presidenciais do Brasil fossem hoje, em quem você votaria?

Bolsonaro
40 votos - 47.1%

Lula
22 votos - 25.9%

João Dória
14 votos - 16.5%

Geraldo Alckmin
4 votos - 4.7%

Aécio Neves
2 votos - 2.4%

Marina Silva
1 voto - 1.2%

Michel Temer
1 voto - 1.2%

Ciro Gomes
1 voto - 1.2%

© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium